Policia apreende 100 kg de maconha em São Luis

sábado, 20 de dezembro de 2014

 

A apreensão foi realizada na manhã de hoje (20). Cerca de 100kg de maconha oriunda do Paraguai  estava escondida no painel, parachoque e tanque de combustível de um veículo palio.

A droga estava sob o poder de um homem identificado como Tiago Oliveira , o veiculo foi abordado pela polícia ao chegar à capital maranhense. O suspeito informou à polícia que a droga é oriunda do Paraguai e seria distribuída para venda. O material foi encaminhado para o Denarc.

Essa é a segunda grande apreensão de maconha feita em São Luís em menos de 24h. Ontem  (19), a polícia apreendeu 160 kg de maconha na Rua 1, no bairro do São Francisco. A droga estava dentro de quatro mochilas e dois sacos, que foram encontrados em um terreno baldio. No local, também, havia uma balança de precisão..  






Não saia sem curtir nossa pagina no Facebook e no Twitter.

Visite também : www.jovem10.com   

O som que você ouve é da rádio  Jovem10.com
#Compartilhe:

Candidatos eleitos e suplentes em 2014 serão diplomados nesta sexta-feira

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

 

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão diploma em sessão solene que será realizada nesta sexta-feira (19), os candidatos eleitos em 2014. A cerimônia ocorrerá a partir das 16h no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís.
FOTO ILUSTRATIVA


Os diplomas serão entregues pelos membros do TRE-MA e das Comissões de Propaganda e de Poder de Polícia.

Serão diplomados 80 candidatos, sendo: 1 governador, 1 vice, 1 senador (primeiro e segundo suplente), 18 deputados federais e 42 deputados estaduais, além do primeiro suplente de cada partido e/ou coligação.

Em nome da Justiça Eleitoral discursará o desembargador Froz Sobrinho e pelos diplomados o governador eleito Flávio Dino.

DEPUTADOS ESTADUAIS

- Pela coligação Pra Frente Maranhão 2 (PMDB, DEM, PTB, PV, PT do B, PSC, PRTB e PR - 16 diplomados): Josimar Cunha Rodrigues, Andréa Trovão Murad Barros, Antonio Pereira Filho, José Roberto Costa Santos, Edilázio Gomes da Silva Júnior, Nina Ceres Couto de Melo, Leoarren Túlio de Sousa Cunha, José Max Pereira Barros (representado no ato pelo seu filho Gustavo Araújo Barros), José Adriano Cordeiro Sarney, Stênio dos Santos Rezende, Rigo Alberto Teles de Sousa, Rogério Rodrigues Lima, César Henrique Santos Pires, Marcus Vinícius de Oliveira Pereira, Fábio Henrique Ramos Braga, Hemetério Weba Filho e o suplente Camilo de Lellis Carneiro Figueiredo;

- Pela coligação Todos Pelo Maranhão 4 (PSB, PDT, Pc do B, PSDB - 9 diplomados): Humberto Ivar Araújo Coutinho, Ubirajara do Pindaré Almeida Sousa, José Arimatéa Lima Neto Evangelista, Fábio Henrique Dias de Macedo, Raimundo Soares Cutrim, Valéria Maria Santos Macedo, Marco Aurélio da Silva Azevedo, Sérgio Barbosa Frota, Othelino Nova Alves Neto e o suplente Rafael de Brito Sousa

- Pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB - 3 diplomados): Glalbert Nascimento Cutrim, Ana de Nazaré Pereira Silva Macedo Mendonça, Jesuíno Cordeiro Mendes Junior e o suplente Antônio de Pádua Ferreira Barros;

- Pela coligação Força Jovem (PRP, PSDC e PTN - 3 diplomados): Francisco de Sousa Dias Neto, Alexandre Vicente de Paula Almeida, Paulo Roberto Almeida Neto e o suplente Marcos Antonio de Carvalho Caldas;

- Pela coligação Vamos Juntos Maranhão (PEN, PMN, PHS e PSD - 3 diplomados): Eduardo Salim Braide, José Carlos Nobre Monteiro (que será representado pelo senhor Márcio Vinnicius Prestes Andrade), Ricardo Tadeu Ribeiro Pearce e suplente José Benedito Pinto (que receberá, a pedido, o seu diploma na Secretaria do TRE em data posterior);.

- Pela coligação Mudança Para Um Novo Maranhão (PP, PROS, SD e PPS - 3 diplomados): Carlos Wellington de Castro Bezerra, Levi Pontes de Aguiar, Roberto Campos Filho e o suplente João Luciano Silva Soares;

- Pelo Partido Social Liberal (PSL - 2 diplomados): Edson Cunha de Araújo, Maria da Graça Fonseca Paz e o suplente Raimundo Nonato Gonçalves da Silva;

- Pelo Partido dos Trabalhadores (PT - 2 diplomados): José Inácio Sodré Rodrigues, Francisca Ferreira e o suplente Yglésio Luciano Moysés Silva de Souza.

- Pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC - 1 diplomado): Edivaldo de Holanda Braga e o suplente Domingos Erinaldo Sousa Serra;

DEPUTADOS FEDERAIS

- Pela coligação Pra Frente Maranhão 1 (PMDB, DEM, PTB, PV, PRB e PR - 7 diplomados): Hildo Augusto da Rocha Neto, Cleber Verde Cordeiro Mendes, José Sarney Filho, Pedro Fernandes Ribeiro, Carlos Victor Guterres Mendes, João Marcelo Santos Sousa, José Alberto Oliveira Veloso Filho e o suplente Davi Alves Silva Júnior;

- Pela coligação Todos Pelo Maranhão 3 (SD, PP, PC DO B, PPS, PSDB e PSB - 5 diplomados): Eliziane Pereira Gama Ferreira, Rubens Pereira e Silva Júnior, José Reinaldo Carneiro Tavares, Waldir Maranhão Cardoso, João Castelo Ribeiro Gonçalves e a suplente Luana Maria da Silva Costa;

- Pela coligação Democrata Trabalhista (PSL, PSDC, PRP, PTN e PRTB - 2 diplomados): José Juscelino dos Santos Rezende Filho, Aluisio Guimarães Mendes Filho e o suplente Ricardo Ceppas Archer (representado no ato pelo senhor Ediviges Costa Ferreira);

- Pela coligação Por Um Maranhão Mais Forte (PEN, PMN, PHS, PSC e PT do B - 2 diplomados): André Luis Carvalho Ribeiro, Antonio da Cruz Filgueira Júnior (representado no ato pelo senhor José de Ribamar Mendes) e o suplente Ildon Marques de Souza;

- Pela coligação Pra Seguir em Frente com muito mais mudança (PT e PSD - 1 diplomado): José Carlos Nunes Júnior e o suplente Cláudio José Trinchão Santos (representado neste ato pela senhora Ellem Mara Teixeira de Sousa);

- Pela coligação Todos Pelo Maranhão 2 (PDT, PTC e PROS - 1 diplomado): Weverton Rocha Marques de Sousa e o suplente Julião Amin Castro;

SENADOR, VICE-GOVERNADOR E GOVERNADOR

- Pela coligação Todos Pelo Maranhão (PP, SD, PROS, PSDB, PC do B, PSB, PDT, PTC e PPS): senador Roberto Coelho Rocha e os suplentes José Eleonildo Soares e Paulo Henrique Campos Matos; vice-governador Carlos Orleans Brandão Júnior e o governador Flávio Dino de Castro e Costa.

Fonte: Da Redação do NOCA



Não saia sem curtir nossa pagina no Facebook e no Twitter.

Visite também : www.jovem10.com   

O som que você ouve é da rádio  Jovem10.com
#Compartilhe:

Homem é abordado pela PM suspeito manter relação sexual com uma jumenta

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014




Um jovem foi abordado por policiais militares da cidade de Sousa, Sertão da Paraíba, suspeito de tentar manter relações sexuais com uma jumenta, no distrito de São Gonçalo, às margens da BR-230.

Segundo o soldado Rubis, a PM foi acionada por pessoas que transitavam na rodovia e estranharam o fato do homem estar acariciando o animal de uma maneira diferente.

De fato recebemos ligações pedindo a presença da PM para evitar que o homem cometesse o ato sexual com o animal (zoofilia) às margens da BR, já que é uma via de circulação de veículos e muitas pessoas poderiam presenciar o fato.

No local, os policiais encontraram o homem acariciando o animal, mas não mantinha relação sexual, afirmou.

De acordo com o soldado, o homem foi abordado, mas não houve detenção, já que nenhum crime foi constatado no local.

Fonte: Plantão de Polícia (Caçarola)



 





Não saia sem curtir nossa pagina no Facebook e no Twitter.

Visite também : www.jovem10.com   

O som que você ouve é da rádio  Jovem10.com
#Compartilhe:

Tragédia no Piaui

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

 

Um grave acidente aconteceu na BR-316, por volta das 10h desta segunda-feira (15), próximo ao município de Monsenhor Gil, a 56 Km de Teresina. Um ônibus da empresa Transbrasiliana, que vinha de Goiânia com destino a Teresina, colidiu frontalmente com um caminhão-tanque carregado de combustível e explodiu.
Ainda não é possível confirmar quantas pessoas morreram, pois os corpos foram carbonizados e a Polícia Rodoviária Federal não concluiu o levantamento. Informações preliminares são de que muitos passageiros desembarcaram em Floriano. De lá teriam seguido viagem dez pessoas, sendo oito passageiros e dois motoristas. Como dois passageiros e um dos motoristas sobreviveram, seriam oito o número de mortos, contado com o motorista do caminhão tanque. Contudo, informações recebidas pela Transbrasiliana são de que morreram cinco passageiros, além de um dos motoristas do ônibus, o que totalizaria sete mortos com o motorista do caminhão-taque.



Os sobreviventes foram o motorista do ônibus, Francisco José do Espírito Santo, de 44 anos, o passageiro José Carlos de Andrade, 44 anos, e uma criança identificada apenas como Vitória, de aproximadamente cinco anos. Eles foram encaminhados para o HUT. Os três casos não correm risco de morte, mas o estado de saúde requer muitos cuidados. O motorista sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus, o outro homem teve fratura exposta no braço e a criança tem queimaduras no rosto e nos pés.



Quando as equipes de resgate chegaram, os dois sobreviventes já haviam sido levados para o hospital. Segundo informações de testemunhas, a criança sobreviveu porque foi sacada do ônibus no momento da colisão. Ela sofreu apenas ferimentos leves. Já o motorista ficou gravemente ferido. Ele teria sido retirado do ônibus por populares que o levaram para o HUT.

A equipe do Corpo de Bombeiros chegou até o local e fez os primeiros procedimentos para controlar o incêndio, mas teve que ir até a cidade de Monsenhor Gil reabastecer a viatura com água. Enquanto isso, a equipe isolou a área, pois ainda existe o risco de novas explosões, já que o caminhão tanque transportava produto inflável.

Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Luciano Leite, é provável que o ônibus tenha tentado fazer uma ultrapassagem, já que o acidente aconteceu do lado esquerdo da pista, de onde vinha o caminhão tanque.

Perto das 14h, a via ainda não tinha sido liberada. O congestionamento seguia do local do acidente com fila de carros ultrapassando toda a cidade de Monsenhor Gil.

Informações do Portal O Dia/Teresina



Não saia sem curtir nossa pagina no Facebook e no Twitter.

Visite também : www.jovem10.com   

O som que você ouve é da rádio  Jovem10.com
#Compartilhe:

Pescadores terão carteirinha com chip para inibir fraudes no setor

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

 

RIO DE JANEIRO - A partir de 1º de janeiro de 2015, todo cidadão brasileiro que der entrada no pedido de Registro Geral de Atividade Pesqueira terá de fazer um curso de qualificação de 80 horas para poder receber carteira de pescador. Portaria com esse objetivo será assinada nesta terça-feira (16), em Brasília, pelo ministro da Pesca e Aquicultura, Eduardo Lopes. A portaria será publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (17).
Foto: Biaman Prado/O Estado


O ministro Eduardo Lopes disse nesta segunda-feira (15) à Agência Brasil que a medida faz parte do projeto Sistema Nacional de Informações da Pesca e Aquicultura, cujo objetivo é tornar o setor mais ágil, seguro e, acima de tudo, bem monitorado. O ministro explicou que até o momento não era exigida nenhuma qualificação do pescador. A portaria será, conforme indicou, o “primeiro passo desse novo monitoramento da pesca”.

Eduardo Lopes disse que ao mesmo tempo que dificulta a obtenção da carteira, a medida afasta os falsos pescadores. Serão assinados convênios com as colônias de pescadores e com o Ministério da Educação para os cursos de qualificação.

O Ministério da Pesca e Aquicultura aderiu ao Brasil ID - nome do Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias - baseado no emprego da tecnologia de identificação por radiofrequência. Lopes informou que a carteira do pescador profissional artesanal e industrial vai contar com tecnologia eletrônica de identificação por radiofrequência. Ganharão, em um primeiro momento, a nova carteira com chip os cerca de 780 mil pescadores que recebem atualmente o seguro-defeso.

Lopes esclareceu, entretanto, que ao fazer o pedido do registro, os pescadores recebem uma carteira provisória, e só depois de um ano podem solicitar o seguro-desemprego, após comprovarem a atividade pesqueira. “Aí está o problema", assegurou, "porque, hoje em dia, essa comprovação é meramente declaratória. Ele declara, mas não tem que provar a produção. O grande problema da fraude está aí. Com a nova tecnologia, isso não acontecerá mais, porque qualquer cidadão que for pescar terá que portar a carteirinha com ele”.

O ministro enfatizou que no momento em que o pescador sai para pescar, a antena detecta a atividade do profissional. “Nós já vamos saber onde ele está pescando, quanto pescou e quando pescou”. Após a instalação de antenas para a captação da radiofrequência, a partir de acordo que será firmado com a Finep Financiadora de Estudos e Projetos , do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, também as embarcações terão chip.

O projeto prevê também o chamado desembarque legal. O ministério vai instalar pontos oficiais de desembarque pesqueiro. “Vamos levar os pescadores a fazerem o desembarque aonde nós temos controle, por meio da própria carteirinha. Quando chegar com o resultado do seu trabalho, nós vamos pegar a carteira dele, que é uma espécie de cartão (magnético) de crédito, e vamos registrar a produção dele quando chegar no desembarque”.

As informações serão lançadas direto no sistema. “Depois de um ano, eu vou saber exatamente onde ele pescou, quando, quanto e o que ele pescou. A informação para o Ministério do Trabalho [relativa ao seguro desemprego] será totalmente informatizada, e não meramente declaratória”. O sistema vai controlar a pesca artesanal e industrial, e também as embarcações. Haverá controle também sobre a aquicultura, incluindo a produção, por meio da contagem do peixe, mas também da ração consumida. “É um sistema extremamente eficiente”.

Eduardo Lopes disse que somente com o recadastramento, na data do aniversário dos pescadores, efetuado desde 2012, e que resultou no cancelamento de mais de 300 mil carteiras, o ministério conseguiu economia de quase R$ 1 bilhão para o seguro defeso - “50% não compareceram e 30% estão recorrendo”. O ministro acredita que a nova identificação tecnológica dos pescadores poderá gerar economia de até 20% no pagamento do seguro-desemprego do pescador profissional artesanal, o que significará algo em torno de R$ 500 milhões. “São atitudes que nós estamos tomando para coibir a questão da fraude no seguro defeso ou os falsos pescadores”.

Ele está certo que o sistema vai gerar para o governo estatísticas aprimoradas que darão a noção exata de quanto o Brasil produz e o gerenciamento do recurso pesqueiro na pesca extrativista, além do monitoramento completo na produção da aquicultura e da piscicultura. “Vai revolucionar o sistema pesqueiro nacional”, acredita.

Tendo em vista a capacidade de produção de 300 mil carteiras por mês, Eduardo Lopes estimou que em menos de três meses serão entregues todas as novas carteiras com chip aos pescadores já cadastrados. Ele acredita que o final do primeiro semestre de 2015 “vai ser uma boa hora para analisarmos o desenvolvimento do projeto. Nós vamos trabalhar diariamente para implantar isso com a maior celeridade possível. Mas as ações começam a partir de 1º de janeiro”, reforçou.



Não saia sem curtir nossa pagina no Facebook e no Twitter.

Visite também : www.jovem10.com   

O som que você ouve é da rádio  Jovem10.com
#Compartilhe: